Posts Tagged ‘américa do sul’

Grupo LATAM divulga estatísticas

No Comments »

LATAM Airlines S.A.O grupo de empresas de linhas aéres LATAM Airlines S.A. e suas filiais (NYSE: LFL / IPSA: LAN / Bovespa: LATM11) líder em transporte de passageiros e de cargas na América Latina, informa suas estatísticas preliminares de tráfego do mês de março de 2013, realizando o comparativo com o mesmo mês do ano anterior.

No comparativo entre os meses dos dois anos, a capacidade de transporte de passageiros nos voos da empresa de linhas aéreas foi incrementada em 4,2%, enquanto que o tráfego de passageiros obteve um aumento de 7,7%. O aumento destes números é refletido no load factor da Companhia, que cresceu 2,5 pontos percentuais, alcançando 76,9%. Já o tráfego internacional de passageiros representou aproximadamente 55% do total no mês. Nos países de língua espanhola, Argentina, Chile, Peru, Equador e Colômbia, o tráfego doméstico de passageiros na operação da Companhia de linhas aéreas aumentou 14,9%, enquanto a capacidade cresceu 13%. Como consequência, a taxa de ocupação doméstica cresceu 1,3 ponto percentual, chegando a 78,3%. No Brasil, o tráfego do mercado doméstico cresceu 3,8%, enquanto a capacidade diminuiu 11%. Sendo assim, o load factor doméstico no País aumentou 10,4 pontos percentuais, atingindo 73,1%.

LATAM Airlines S.A.A empresa de linhas aéreas registrou um aumento de 8,1% no tráfego internacional de passageiros, enquanto que a capacidade teve um incremento de 13,3%. Desta maneira, a taxa de ocupação internacional de passageiros para o mês diminuiu 3,8 pontos percentuais alcançando 78,7%. O tráfego internacional inclui as operações internacionais de LAN e TAM Linhas Aéreas nas rotas entre países da América do Sul e de longo curso.

O Grupo registrou um crescimento de 0,4% no tráfego de cargas, já a capacidade aumentou 3,5%. O resultado é uma queda no lad factor de 1,8%, totalizando 60,1%. O aumento da capacidade de carga é resultado de uma maior disponibilidade das aeronaves de passageiros. O tráfego de carga foi impulsionado em determinados mercados pelo transporte de volumes mais elevados da e para a América do Sul.


Emirates SkyCargo anuncia quarto voo para Viracopos

No Comments »

Emirates SkyCargoA divisão de carga da Emirates Airline, empresa de linhas aéreas dos Emirados Árabes Unidos, Emirates SkyCargo começará a operar a quarta frequência semanal para o Aeroporto de Viracopos, em Campinas, a partir do dia 2 de Julho.

Os novos voos a serem operados pela empresa de linhas aéreas serão feitos em aeronaves B777F, um dos mais modernos cargueiros da indústria. Graças à tecnologia de ponta, o avião conta com a menor queima de combustível que qualquer outro avião de carga de tamanho comparável, além de amplo deck, com 3,7 metros, que permite carregar as aeronaves com remessas maiores.

A SkyCargo, uma das maiores linhas aéreas transportadora de carga do mundo, investe continuamente em sua frota e na expansão de rotas para oferecer mais flexibilidade e conveniência a todos os clientes. A frota atual da companhia de linhas aéreas conta com dez cargueiros, somada às 191 aeronaves de passageiros, que voam para 134 destinos em 77 países, tem alcance global e se conecta com as principais rotas comerciais do mundo.

Emirates SkyCargoNo início de 2013, a empresa de linhas aéreas acrescentou à sua frota três Boeing 777F e aumentou a malha aérea dedicada para 13 destinos: Taipei, Chittagong, Eldoret, Lilongwe, Cabul, Almaty, Gothenburg, Zaragoza, Viracopos, Tripoli, Djibouti, Hanoi e Liege. Desde outubro de 2010 a companhia de linhas aéreas serve o Aeroporto de Viracopos, fornecendo todo suporte necessário para as importações e exportações geradas por São Paulo, maior cidade da América do Sul.

O aumento da capacidade de carga será fundamental para atender à demanda por transporte aéreo direto, rápido e seguro não só para Oriente Médio, bem como Ásia e Europa. A corrente comercial (exportações mais importações) do Brasil com os países árabes teve um acréscimo de US$ 814 milhões em 2012, o que representa um aumento de 3,24% em relação a 2011. O montante exportado pelo Brasil esse ano foi de quase US$ 15 bilhões.