Situação tensa entre Delta Air Lines e Emirates Airlines

A situação diplomática e comercial entre as operadoras de linhas aéreas Delta Air Lines e Emirates Airlines não está passando por bons momentos. Assim como as duas companhias de linhas aéreas, outras empresas norte-americanas e do Golfo Pérsico não conseguem chegar a acordos comerciais. O mal estar teve início quando, recentemente a Emirates rejeitou um pedido de desculpas emitido pela Delta por comentários que parecem insinuar que a companhia dos Emirados Árabes Unidos teve algum tipo de ligação com os atentados de 11 de setembro de 2001.

Golfo Pérsico

Para agravar a situação um documentário encomendado por diversas operadoras de linhas aéreas dos Estados Unidos afirma que as maiores empresas de linhas aéreas do Golfo Pérsico tiveram aporte de cerca de 40 bilhões de dólares para subsídios e exortou o governo norte – americano de renegociar o pacto comercial mais importante entre os dois, no caso o Open Skies.

Por outro lado, as operadoras de linhas aéreas do Golfo Pérsico negam que receberam tal aporte financeiro e garantem que foram as companhias de linhas aéreas norte-americanas que receberam cerca de 5 bilhões de dólares em ajuda do governo depois do trágico acontecimento de 11 de setembro.

O caso ganhou as redes de televisão dos Estados Unidos e, o presidente-executivo da operadora de linhas aéreas Delta, quando entrevistado pelo canal CNN afirmou que, é uma grande ironia que os Emirados Árabes Unidos, localizado na Península Arábica, emita este tipo de declaração, uma vez que a aviação civil norte-americana foi genuinamente abalada pelos acontecimentos terroristas de 2001, provocados por pessoas que viviam no território.

Tais declarações deixaram operadoras de linhas aéreas e autoridades dos Emirados Árabes Unidos enfurecidos, aliados importantes dos Estados Unidos na luta contra o terror pós 11 de setembro. A companhia de linhas aéreas, Delta afirmou que o executivo não quis se referir de forma pejorativa ao país, mas que apenas respondia sobre pagamentos que ocorreram às companhias de linhas aéreas norte-americanas.

Mesmo com a declaração da operadora de linhas aéreas Delta, as empresas dos Emirados Unidos emitiram nota que argumenta que: “acreditamos que as declarações feitas na semana passada pelo presidente-executivo da operadora de linhas aéreas Delta, foram concebidas e comunicadas deliberadamente para causar um efeito específico”.

Já algumas autoridades do Golfo Pérsico deslacraram que as operadoras de linhas aéreas norte – americanas não voam nas mesmas rotas e que estão perdendo seu espaço no mercado devido aos serviços inferiores. Elas ainda garantem que as taxas em aeroprotos são as mesmas para qualquer empresa estrangeira.

Golfo Pérsico


Leave a Reply

Spam protection by WP Captcha-Free