Aeroporto Salgado Filho integra lista de possíveis concessões

Aeroporto Internacional Salgado FilhoA visita do Ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha trouxe uma série de novidades para o Aeroporto Internacional Salgado Filho. O que antes eram apenas especulações agora tomam forma de maneira mais certeira por parte do Governo Federal. Padilha afirmou, por exemplo, que a pista do aeroporto não será ampliada, mas que o terminal pode ser entregue à iniciativa privada em breve.

O Aeroporto Internacional Salgado Filho, segundo dados oficiais da Secretaria Nacional de Aviação Civil, integra uma lista de 12 aeroportos que podem ser repassados à inciativa privada por meio de leilões. Caso do Aeroporto Internacional de Guarulhos e do Aeroporto Internacional de Brasília, entre outros.

De acordo com o Ministro, anteriormente a empresa que administrasse o aeroporto teria como compromisso construir um terminal de cargas e passageiros no município vizinho de Portão, o chamado Aeroporto 20 de Setembro. Porém devido à urgência em realizar a concessão talvez não haja mais esta contrapartida por parte do governo e o grupo investidor teria apenas compromissos com Aeroporto Salgado Filho.

O leilão que definirá o futuro do aeroporto ainda não possui uma data precisa, assim como o início das obras do aeroporto de Portão e, muito menos do aeroporto de Vila Seca, no município de Caxias do Sul – na serra gaúcha.

O governo ainda avalia as possibilidades de construção do aeroporto de Portão. Até o momento é possível considerar que, caso a obra saia do papel, o terminal contaria com quatro pistas de 4 quilômetros de extensão cada.

Cargas aéreas prejudicadas

Com a falta de investimentos para a ampliação de pista do Aeroporto Internacional Salgado Filho, muitos representantes do setor de Logística e Infraestrutura estimam que o RS deixa de faturar cerca de US$ 3,3 bilhões por ano em transporte de cargas aéreas.

Segundo Paulo Menzel – Presidente da Câmara Brasileira de Logística – com cerca de 1 km a mais de pista no Aeroporto Salgado Filho aviões cargueiros poderiam pousar e decolar semanalmente no terminal. Para ele, ao contrário do que fala o Ministro Eliseu Padilha, existe demanda para tal ampliação.

Para o dirigente a construção do Aeroporto 20 de Setembro levaria até vinte anos para a conclusão e isso é muito prejudicial para a economia do Estado. Menzel finaliza dizendo que a construção da pista do Salgado Filho se pagaria em menos de um ano e que vinte anos é tempo demais para esperar.

 

 

Aeroporto Internacional Salgado Filho


Leave a Reply

Spam protection by WP Captcha-Free